Missionário nomeado para Funai vira alvo da oposição do governo

0
209
Missionário nomeado para Funai vira alvo da oposição do governo
Missionário nomeado para Funai vira alvo da oposição do governo
ANÚNCIO

Um antropólogo evangélico que também atua como missionário foi nomeado para um cargo-chave na Fundação Nacional do Índio (Funai), e a indicação tem incomodado opositores do governo Bolsonaro.

ANÚNCIO

Ricardo Lopes Dias foi nomeado para ocupar a Coordenadoria Geral de Índios Isolados e Recém Contatados, um cargo técnico da Funai.

Dias é antropólogo, o que o capacita para a função. Segundo informações do jornalista Matheus Leitão, do portal G1, ele também é formado em teologia e atuou por anos na Missão Novas Tribos do Brasil (MNTB), organização dedicada à evangelização de indígenas.

Esse histórico, embora seja criticado pela oposição ao governo – inclusive entre servidores da própria Funai – evidencia a experiência de campo que Lopes Dias acumulou ao longo do tempo no contato direto com as tribos indígenas.

ANÚNCIO

Da mesma forma que ocorre com diversas outras entidades dedicadas à evangelização indígena, a MNTB responde a processos na Justiça acusada de tentar “camuflar” os objetivos evangelísticos nas aldeias com ações de educação e assistência.

ANÚNCIO

Entre antropólogos, a maioria simpatizantes à ideologia de esquerda, corre a teoria de que as tribos devem ser mantidas isoladas e não devem tomar conhecimento ou sofrer influência da cultura ocidental, o que inclui as religiões. Dessa forma, o evangelismo seria vedado aos índios.

A nomeação de Lopes Dias foi possível devido a uma mudança estatutária da Funai, feira pelo presidente do órgão, Marcelo Augusto Xavier, permitindo que o cargo pudesse ser ocupado por pessoas de fora do quadro da administração pública.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/missionario-e-nomeado-para-setor-da-funai-e-vira-alvo-da-oposicao-do-governo.html

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade